Carregando...
Agência Digital 360º
Blog | Duo Studio Interativo

Monique Areze, Coordenadora de Customer Success

10 / setembro / 2020
João Brognoli | Duo Studio Interativo

por João Brognoli

7 anos Duo

Redes sociais

A Monique inspira com um sorriso qualquer pessoa que passe por ela. Grande personalidade da Duo, incentiva, ensina e motiva muitos a buscarem mais e serem melhores. Por isso, ela é convidada a participar e falar sobre o momento de 7 anos da Duo, e da carreira dela como profissional no marketing digital e no sucesso dos nossos clientes.

 

O que esse aniversário de 7 anos da Duo representa para ti e para empresa?

 

Eu acho que, por ser em um momento diferente do que a Duo está acostumado, já que é tudo sempre tão junto, é realmente um grande marco. Tenho certeza de que todos queriam comemorar de uma forma diferente, mas que todos também ficaram conscientes do que acontece e da importância de fazer a diferença. Então, acho que pelo momento e pelo perfil das pessoas daqui, em gostar de ajudar o próximo, casou muito a ideia. A importância maior é de que a ação combina com quem está aqui dentro, não é pela aparência ou algo falso, mas que tem um peso e importância, porque é algo sincero, que combina com a empresa. 

 

E os sete anos da empresa em si, sem ser sobre o evento, o que representam para ti? Como a Duo chega em seus sete anos?

 

Os sete anos marcam um crescimento gigantesco, crescimento de clientes, da equipe e da empresa como um todo. Com cinco anos a empresa estava dando os primeiros passos, aos seis anos, organizando a casa e, aos sete anos, está organizada e preparada para dar um passo maior. Esse é o maior marco: é estar organizada e consciente de que é possível dar um passo a mais, está tudo certo para poder ir além. 

 

Tu completou dois anos de empresa. Neste período, passou por algumas funções, e hoje, por mais que seja definido o cargo o qual exerce, tu sabe que é uma profissional multitarefas. Com base nesses anos que tu está aqui e no momento que está hoje em sua carreira: qual diferença você trouxe ao negócio? 

 

A diferença que eu trouxe e que pode ser um marco é a união. Aquilo de que quando todo mundo faz junto, fica melhor e que ninguém faz nada sozinho. Os jobs e clientes que eu me envolvo, vejo todos muito unidos. Esse é o fato: a união entre colegas.

 

Nestes dois anos que tu viveu aqui, qual é o período mais marcante?

 

Eu gosto muito de quando eu consigo receber o feedback dos colegas. Então não é um momento, são vários. Como, por exemplo, o Colega do Mês, que a gente recebe os recados 

e pode ler. Então, acho que o que marca é o reconhecimento dos colegas pelo teu trabalho. E um momento, no geral, como a Duo, é o início deste ano, essa virada de chave de sete anos, de que tínhamos uma meta para alcançar até o fim do ano e estamos chegando.

 

Quem é a pessoa que te inspira e te faz querer ser melhor?

 

Tenho várias pessoas que me inspiram, cada um de um jeito. É um combo. Mas aqui dentro, falando dos colegas, eu te vejo (João) como uma inspiração, pela forma como trata as pessoas e consegue desmistificar algo que parece difícil, mas que fica simples. O Luís, pela forma como trata todo mundo, que não desiste nunca com essa garra e determinação de querer mostrar que vale a pena. E a Júlia Cappellaro, porque acho que ela é um retrato do crescimento, da vontade de querer sempre fazer diferente. 

 

Este ano está totalmente diferente do que foi imaginado lá no início. Pessoalmente e profissionalmente, todos passaram por uma série situações que nunca haviam passado. Como está isso pra ti? O que isso mudou para tua vida e o que tu enxerga de positivo e negativo?

 

Eu acho que essa mudança de 2020, tanto pessoal, como profissional, abalou bastante. Até por conta do formato de trabalho, porque eu gosto de estar próxima às pessoas, então isso dificultou muito. Está tranquilo, a gente está conseguindo levar, consegue fazer as entregas de forma adequada, está tudo ok. Mas o mais complicado é o contato, porque gosto de falar, escutar, estar próxima. Fazer as entregas, mas não ter o contato próximo: é isso que está sendo o mais difícil. Mas foi tranquilo, achei que fosse ser pior, as coisas estão acontecendo. Foi um choque para todos, mas nós estamos conseguindo estar bem para apoiar quem não está.

 

E hoje, como profissional, tu está onde gostaria de estar? Onde pretende estar nos próximos anos ou sete anos? O que tu imagina da Monique e onde ela quer chegar?

 

Antes de trabalhar na Duo, eu não tinha tanto conhecimento no marketing digital. Nos próximos anos, a minha ideia é focar no digital, entender 100% de todos os assuntos que envolvem o marketing digital, e, se chegar uma demanda, eu saber responder sem precisar procurar. Não digo nos próximos sete, mas acho que o primeiro passo é o entendimento total do assunto para atuar da melhor forma.

 

Para finalizar, o que é a Duo para ti?

 

Hoje, a Duo está em primeiro plano na minha vida. Eu acordo fazendo coisas pra Duo, eu vou dormir fazendo coisas pra Duo, eu sonho com a Duo. Tudo o que eu faço, penso se vou ajudar ou prejudicar, então eu a coloco sempre em primeiro lugar, porque acredito que estou me doando, fazendo o correto, porque sei que vai dar certo.


news relacionadas