Carregando...
Agência Digital 360º
Blog | Duo Studio Interativo

Como o tom de voz e a linguagem de um texto muda a comunicação de uma marca?

27 / outubro / 2020
Leonardo da Silva Portella | Duo Studio Interativo

por Leonardo da Silva Portella

Redação

Redes sociais

Imagine um advogado, recém-formado, conquistando os seus primeiros clientes. Vamos chamá-lo de Renato. Como se espera de um profissional acostumado aos tribunais e aos protocolos de órgãos do Judiciário, Renato veste roupas que demonstram a sua autoridade e que reforçam uma imagem séria e comprometida junto ao seu público. 

 

Porém, ele não consegue expressar essa mesma seriedade ao se comunicar pela internet. Ao falar com clientes pelo WhatsApp, sobre assuntos técnicos, Renato utiliza uma linguagem informal e faz até mesmo o uso de gírias como “meu parceiro”, “de boa”, “tamo junto”. 

 

Acontece que pouco tempo depois ele perdeu diversos clientes. Foi então que Renato resolveu entrar em contato para saber os motivos. E todos foram categóricos: Renato não passava credibilidade e nem segurança ao se comunicar pela internet. 

 

Ou seja, mesmo projetando uma imagem pessoal alinhada ao seu perfil profissional, Renato não tinha o tom de voz na internet coerente com a sua marca. 

 

Você já parou para pensar qual o tom de voz da sua empresa? Será que é necessário ser formal o tempo todo? Ou é possível descontrair e usar memes no seu conteúdo? 

 

Acompanhe nosso artigo e conheça mais sobre esse assunto! 

 

O que é tom de voz

 

O exemplo do advogado Renato, que usamos para abrir esse artigo, é fictício, mas ajuda a entender como a personalidade de uma organização precisa ser manifestada por meio da linguagem textual. 

 

Chamamos isso de tom de voz da marca. 

 

Ter uma voz definida ajuda a humanizar as relações com o seu público na internet, cria identificação, reputação e aproximação com os consumidores, além de ser um diferencial – característica fundamental em um cenário cada vez mais competitivo. É expressar tudo que ela acredita, resultando em conexão com os clientes. É por isso que ela muda a comunicação da sua empresa. 

 

Isso porque esse mesmo padrão ou estilo de texto definido pelo tom de voz é que norteará as estratégias de comunicação e marketing da sua empresa na internet para que todas as ações sejam uniformes. Ou seja, o mesmo tom do texto do seu site, no post do Instagram, no e-mail, anúncios, entre outros. 

 

Assim, a identidade da marca estará em exposição, reforçando a personalidade da empresa e mostrando ao seu público os valores e qual é a relevância do seu negócio. 

 

Lembre-se: estar nas redes sociais não é um diferencial para nenhuma empresa. Quem se destaca na internet, quem é lembrado pelo consumidor, são as marcas que percebem o valor dessa ferramenta e utilizam esses canais não apenas para promoção, mas também para aproximação. Ter uma marca reconhecida é o desejo de muitos empreendedores! 

 

Encontrando o tom de voz

 

Um passo fundamental para aplicar a sua personalidade e definir qual voz a sua empresa adotará nos conteúdos é saber qual o seu público-alvo. Chamamos essa estratégia de personas. Temos um conteúdo específico sobre esse tema. Confere neste post!

 

Por isso, é necessário criar um consumidor ideal, aquele que é seu foco, que poderá se tornar um potencial cliente. Essa persona deverá levar em conta o gênero do consumidor, faixa etária, profissão, quais seus objetivos, seus desafios... 

 

Assim ficará mais fácil incorporar o papel da marca na escrita dos conteúdos e conversar diretamente com o seu foco.  

 

Nada de robôs

 

Ter uma voz própria não significa que você tenha que adotar um tom formal nos seus conteúdos. É possível ser descontraído, utilizar emojis, GIFs, memes, além de vários outros recursos visuais. 

 

Mas todas essas ferramentas serão utilizadas dependendo da personalidade do seu negócio, a sua essência, e da imagem e mensagem que a sua empresa quer passar para o seu público. A dica é: humanize a comunicação. A sua marca precisa ser transformada em uma pessoa e não em um robô. 

 

Pensando nisso, na hora de estabelecer como será o tom de voz e quais palavras ou expressões que utilizará, é importante relembrar quem é o seu público-alvo (o cliente ideal), ou seja, com quem você quer falar. A comunicação que você fará com o diretor de uma empresa será diferente da que você terá com um universitário, por exemplo!  

 

Entendeu quais as vantagens de saber o tom de voz para se comunicar com o seu público? A Duo trabalha com uma equipe especializada em redação de textos para diferentes plataformas, com conteúdo relevante e planejamento. Tudo isso para garantir que a comunicação da sua empresa tenha reputação na internet, crie identificação com a sua marca e conquiste novos clientes. 

Fale com a gente :)

 

news relacionadas