Carregando...
Agência Digital 360º
Blog | Duo Studio Interativo

Copy: a escrita que vai encantar seus clientes

08 / março / 2021
Alana Fernandes | Duo Studio Interativo

por Alana Fernandes

redação

Redes sociais

Você já se sentiu atraído por alguma chamada textual sobre algum produto ou empresa? Se a resposta for sim, talvez você tenha sido impactado pela técnica chamada de Copywriting, uma estratégia de produção de textos que tem como objetivo principal ser persuasiva e, assim, gerar mais conversões e vendas para determinada marca. 

 

A técnica está presente em diversos conteúdos, como e-mails marketing, legenda para redes sociais, e-book, vídeos, textos para blogs, e por aí vai. A lista é grande e seu tamanho se deve, principalmente, pela presença do Copywriting aliado às estratégias de Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo. 

 

O Copy certeiro  

 

Não, não há uma fórmula mágica ou matemática para fazer um bom Copy, certeiro e atrativo. Entretanto, existem algumas regras gerais, como sempre usar o português adequadamente, sem erros gramaticais, textos curtos, diretos e criativos, sempre que possível. Frases vagas, sem conteúdo ou com excesso de jargões não cabem por aqui.  

 

O principal mesmo é conhecer e explorar as paixões da empresa/marca, conhecer o público e saber como se comunicar com ele com verdade. Hoje, todo mundo está de olho no que a sua empresa tem a falar, por isso, é preciso, sobretudo, se comunicar com verdade e credibilidade.

 

Outro passo fundamental para um copy certeiro é definir a voz da marca. A comunicação será mais séria ou mais leve? Devo usar memes e jargões da moda? Enfim, questões que devem ser respondidas com base no público que será atingido. 

 

É importante ressaltar também que a marca não precisa ter uma voz engessada, pelo contrário, ela pode se adaptar ao local de fala. Por exemplo: no Twitter admite-se mais leveza e humor do que no LinkedIn, uma rede social mais séria e profissional. 

 

Algumas técnicas: gatilhos mentais e bons CTAs 

 

Um bom Copy passa, sem dúvida alguma, sobre a exploração de gatilhos mentais e Calls to Action (chamadas para ação). 

 

Os gatilhos mentais são estímulos que direcionam uma pessoa a tomar decisões. Atuam como poderosas ferramentas de marketing, instigando os consumidores. Veja alguns exemplos: escassez (corra, restam poucas unidades), urgência (a promoção acaba amanhã), autoridade (possuímos mais de 3 mil clientes satisfeitos ao longo de 10 anos de história), entre outros.  

 

Já os CTA’s são convites para que a pessoa execute determinada ação. Exemplo: saiba mais; deixe um comentário; experimente gratuitamente; inscreva-se; assine a newsletter... 

 

Vale salientar que, no Copy, nem sempre o CTA deseja converter em venda, como os próprios exemplos citados anteriormente podem demonstrar. 

 

Conte com a Duo, nós podemos te ajudar!

 

Ainda em dúvida se o Copy é uma boa técnica de persuasão para a sua empresa? Sem problemas! A equipe da Duo está aqui para tirar todas as suas dúvidas e montar as melhores estratégias para o seu negócio. Vamos conversar?


news relacionadas